domingo, 17 de março de 2013

Linha de Cascais - que futuro?

fonte: http://www.flickr.com/photos/gbbuspics/8554640335/

fonte: http://www.flickr.com/photos/gbbuspics/8554639151/




Em diversas ocasiões tive oportunidade de aqui escrever que "a Linha de Cascais é uma ilha tecnologicamente ultrapassada" - material circulante muito velho, sistema de sinalização e tensão de alimentação incompatíveis com a restante rede ferroviária.
Sendo assim, urge procurar soluções para a modernização e reconversão de toda a infraestrutura e material circulante.

As imagens que ilustram este artigo reproduzem uma solução muito interessante para o transporte público - via dedicada onde apenas circulam autocarros, sendo que estes possuem um sistema que os "guia pela linha". A solução não é nova, podendo ser encontrada em algumas zonas da Alemanha.

Mais informação sobre este serviço em http://www.thebusway.info/

"It's thanks to Cambridgeshire County Council that this progressive transport link has come about, so using the bus is now an even smarter and speedier choice. The guideway track – now the longest in the world – is made up of two concrete beams with kerbs and guide wheels on the bus connect with the kerb and run along it to steer the bus. Stagecoach and Go Whippet are the two bus companies running services for the busway.

Stagecoach is a well-respected national brand but locally run, with its focus clearly on providing top quality bus services to people in the city of Cambridge and many towns and villages nearby. It is at the forefront of technological developments and it has many awards to its credit. Stagecoach takes environmental issues very seriously and all buses on routes A & B run on bio fuel.

Go Whippet is a long standing family business that has been serving the people of Cambridgeshire for nearly a century and, in that time, has built up an enviable reputation for friendly service and that personal touch. Go Whippet's guided buses have the latest Euro 5 engines, which are among the most environmentally friendly diesel engines around."


Nota 1: este blog não representa qualquer organização, empresa ou tendência ferroviária. É apenas e só um espaço de opinião.
Nota 2: as fotos que ilustram este artigo estão identificadas com o nome do autor e quando aplicável, com a referência onde foram encontradas.

Sem comentários:

Publicar um comentário